Israel Pode Cair em Armadilha na Faixa de Gaza, segundo Aliados

Enquanto o mundo observa com crescente preocupação os ataques aéreos e projéteis atingindo alvos na Faixa de Gaza, as tensões na região alcançam níveis alarmantes. Israel enfrenta uma complexa situação no conflito com o grupo radical islâmico Hamas, e aliados temem que uma escalada possa desencadear um novo embate entre Ocidente e Islã, evocando memórias do 11 de Setembro.

Internacional
Publicado por Bianca Ludymila em 26/10/2023
Israel Pode Cair em Armadilha na Faixa de Gaza, segundo Aliados

Há um temor crescente de que o Hamas e seus apoiadores em Teerã tenham elaborado uma estratégia calculada para atrair uma feroz ofensiva terrestre israelense após uma infiltração audaciosa em Israel. Os recentes horrores infligidos a civis na Faixa de Gaza podem ter sido planejados pelo Hamas para provocar uma resposta massiva de Israel, independentemente do custo para a população local.

Os próximos passos de Israel na região são cruciais e podem determinar o curso dos acontecimentos nas próximas décadas. O foco agora está inteiramente voltado para a Faixa de Gaza, onde o Hamas implementou uma série de táticas desafiadoras.

Soldados israelenses em posição, aguardando o desenrolar dos acontecimentos na Faixa de Gaza. (Foto: ilustrativa)
Soldados israelenses em posição, aguardando o desenrolar dos acontecimentos na Faixa de Gaza. (Foto: ilustrativa)

O grupo extremista encheu a Faixa de Gaza com uma intrincada rede de túneis, armadilhas e preparativos para enfrentar as forças israelenses de todas as formas possíveis. Isso inclui desde enxames de homens-bomba até equipes de captura para fazer soldados israelenses de reféns, acentuando a complexidade do cenário militar.

A história recente nos fornece valiosas lições sobre a guerra urbana em grande escala. Os militares dos EUA compartilham com Israel suas experiências em operações desse tipo. A batalha para expulsar o Estado Islâmico de Mosul, no Iraque, em 2017, levou nove meses e foi uma campanha de casa em casa, revelando a dificuldade de enfrentar inimigos que usam sistemas de túneis e emboscadas.

O Hezbollah, aliado do Hamas, tem expandido suas capacidades na fabricação de bombas, representando uma ameaça crescente em toda a região do Oriente Médio. As tropas israelenses enfrentam o desafio de dispositivos explosivos improvisados que podem paralisar tanques e aprimoraram as táticas de destruição de blindados desde o conflito no Líbano em 2006.

A memória de outros conflitos servem como um lembrete das complexidades da geopolítica na região.
A memória de outros conflitos servem como um lembrete das complexidades da geopolítica na região.

Além disso, o Hamas adquiriu capacidades antiaéreas, tornando helicópteros Apache de Israel vulneráveis a mísseis superfície-ar. Também há o temor de que o Hamas tenha equipes prontas para documentar ataques em “vídeos de morte”, uma estratégia que historicamente tem inflamado e radicalizado jovens.

A situação em Israel e na Faixa de Gaza permanece volátil, e o mundo observa com ansiedade enquanto a complexidade do conflito e a ameaça constante de escalada tornam cada passo uma decisão crucial. Enquanto Israel lida com esses desafios, o mundo mantém a esperança de que a paz possa prevalecer em uma das regiões mais instáveis do planeta.

Crise em Israel e Faixa de Gaza Gera Preocupações Globais

A destruição em Gaza chama a atenção do mundo para a necessidade de paz na região.
A destruição em Gaza chama a atenção do mundo para a necessidade de paz na região.

A escalada da tensão na região de Israel e da Faixa de Gaza tem mantido o mundo à beira de um precipício, com graves preocupações sobre as possíveis consequências de um conflito cada vez mais volátil. A situação se agravou nas últimas semanas, com especulações de que o Hamas poderia estar planejando uma carnificina generalizada na Faixa de Gaza como parte da segunda fase de seus ataques.

As palavras do ministro dos Negócios Estrangeiros do Irã, Hossein Amir-Abdollahian, no domingo (22), não passaram despercebidas. Suas declarações não eram apenas uma análise da situação, mas uma ameaça direta. Ele alertou sobre o risco de um erro de cálculo durante a continuação dos conflitos, destacando as graves consequências que isso poderia ter para a região e para os atores envolvidos.

A Casa Branca está plenamente consciente das implicações de uma escalada no conflito entre Israel e o Hamas. O temor é que uma armadilha seja lançada contra Israel, resultando em consequências amplas e perigosas, incluindo a possibilidade de um “Choque de Civilizações”, um cenário semelhante ao que se seguiu aos trágicos eventos de 11 de setembro.

Além das implicações geopolíticas, uma grande preocupação para o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, é o bem-estar dos reféns americanos na Faixa de Gaza e das mais de 200 pessoas detidas pelo Hamas e outros grupos no enclave. A incerteza em relação a esses reféns acrescenta uma camada adicional de complexidade ao cenário.

Há também preocupações crescentes em Washington de que uma operação terrestre israelense em grande escala possa levar a uma conflagração que escape ao controle, semelhante ao que ocorreu no Iraque após a invasão liderada pelos EUA em 2003 para derrubar Saddam Hussein.

Líderes mundiais buscam soluções para o conflito em Israel e Gaza.
Líderes mundiais buscam soluções para o conflito em Israel e Gaza.

Benjamin Netanyahu, o primeiro-ministro israelense, tem ligado o Hamas ao Estado Islâmico e tem retratado o conflito entre Israel e o Hamas como um choque de civilizações. Ele chegou a descrever o Hamas como “os novos nazistas” e “o novo Estado Islâmico”, enfatizando a necessidade de combater esses grupos.

É importante destacar que o Hamas não é o Estado Islâmico. De fato, o Hamas tem lutado contra elementos do Estado Islâmico na Faixa de Gaza, uma vez que representam uma forma de Islã política com a qual o grupo que controla Gaza se opõe.

Enquanto o Hamas busca estabelecer um Estado palestino baseado nos ensinamentos do Islã, ele não busca criar um califado, e não tem um histórico de ataques fora de Israel e dos territórios palestinos. Além disso, o grupo não recorreu à internet para tentar radicalizar pessoas globalmente.

O Hamas está firmemente comprometido com a destruição do Estado judeu, e suas recentes ações têm levado líderes mundiais a condenar suas atrocidades e expressar apoio a Israel.

A situação na região é extremamente delicada, com vidas humanas em risco e a possibilidade de uma escalada ainda mais intensa dos conflitos. À medida que a contagem de mortos continua a aumentar, com cerca de 1.400 mortos nos ataques liderados pelo Hamas em Israel e mais de 5.700 mortes na Faixa de Gaza, segundo autoridades palestinas, o apelo por um cessar-fogo se torna mais urgente.

Enquanto as negociações internacionais continuam, milhares de habitantes da Faixa de Gaza enfrentam um estado de sítio quase total, e a ONU estima que 1,4 milhão de pessoas tenham sido deslocadas na estreita faixa de terra.

A possibilidade de uma operação terrestre por parte de Israel preocupa a comunidade internacional, uma vez que poderia levar a um aumento significativo nas baixas em ambos os lados, além de provocar manifestações pró-Palestina em todo o mundo, agravando ainda mais a crise.

Enquanto isso, grupos hostis a Israel, dedicados à sua destruição, estão se reunindo no Líbano. O líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah, encontrou-se com membros do Hamas e da Jihad Islâmica Palestina, sinalizando uma coordenação entre essas organizações.

A situação no Oriente Médio permanece incerta, e a atenção do mundo está focada na região, com a esperança de que um cessar-fogo seja alcançado e que a paz possa prevalecer em uma das áreas mais voláteis do planeta. A comunidade internacional continua a trabalhar em busca de uma solução para encerrar o conflito e evitar uma escalada ainda mais perigosa.

*Com informações de CNN Brasil.

Leia mais em Internacional

‘Mais de uma vez, até’: Donald Trump diz que está pronto para debater com Kamala Harris
Internacional
Donald Trump e Kamala Harris estão prontos para debater nas eleições presidenciais de 2024. Trump está disposto a participar de mais de um debate com Kamala, que está perto...
Quem vai substituir Biden na corrida presidencial nos EUA?
Internacional
Joe Biden anunciou sua desistência da corrida presidencial de 2024, levando o Partido Democrata a buscar um novo candidato. Possíveis substitutos incluem Kamala Harris, Gavin...
URGENTE: Biden desiste de concorrer às Eleições 2024 nos Estados Unidos
Internacional
O presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou que não concorrerá à reeleição, após pressão de democratas e mídias tradicionais. A decisão foi comunicada em uma carta e um...
Homem armado é morto perto da convenção republicana nesta terça 16/07
Internacional
Um homem armado com uma faca foi morto por policiais nos arredores da convenção republicana em Milwaukee. Três policiais dispararam contra o suspeito. O incidente ocorreu a...
Perguntas que os EUA querem Resposta Sobre o Atentado contra Trump
Internacional
Após o atentado contra o ex-presidente Donald Trump durante um comício, surgem dúvidas sobre a eficácia das medidas de segurança adotadas pelo Serviço Secreto dos EUA....
Qual a diferença entre Republicanos e Democratas? Conheça os partidos políticos dos EUA
Política
O Partido Republicano e o Partido Democrata são as principais forças políticas nos Estados Unidos, cada uma com suas próprias ideologias, políticas e bases eleitorais. Este...

Últimas novidades

Venezuela: ‘Tome um chá de camomila’, diz Maduro após Lula manifestar preocupação
Política
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, causou preocupação ao falar sobre um "banho de sangue" caso não vença as eleições. Lula, presidente do Brasil, respondeu...
Frei Gilson no Podcast Inteligência Ltda: Fé e Música em Debate
Cotidiano
Frei Gilson, sacerdote carmelita e cantor, participou do podcast Inteligência Ltda. Com quase 5 milhões de inscritos no YouTube, ele é um dos principais líderes religiosos do...
Correios Abrem Concurso com Vagas Atraentes e Bons Salários
Brasil
Correios lançam edital para concurso com 33 vagas na área de medicina e segurança do trabalho. Salários iniciais de até R$ 6,8 mil. Inscrições de 7 de agosto a 8 de...
Taxa das blusinhas começam a valer dia 1º de agosto
Tecnologia
A partir de 1º de agosto, compras internacionais de até US$ 50 serão tributadas com um imposto de 20%. AliExpress e Shopee anteciparam a cobrança para 27 de julho. Entenda...
Cheiro estranho e alerta ambiental: Cocaína encontrada em tubarões no RJ
Brasil
Cientistas encontraram cocaína no organismo de tubarões-bico-fino na costa do Rio de Janeiro. Esta descoberta levanta questões sobre o impacto da poluição humana na vida...
Alexandre de Moraes sugere IA na resolução de conflitos
Brasil
O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, defendeu o uso de inteligência artificial (IA) em métodos de resolução de conflitos durante um evento em São...

Jornal Fala Regional

Nosso objetivo é levar conteúdo de forma clara, sem amarras e de forma independente a todos. Atendemos pelo jornal impresso as cidades de Caieiras, Franco da Rocha, Francisco Morato, Mairiporã e Cajamar, toda sexta-feira nas bancas. Pela internet o acesso é gratuito e disponível a todos a qualquer momento, do mundo inteiro.

Vamos Bater um Papo?