Fabiano de Cristo: Carregue Somente O Que é Seu

Por Hospital Fabiano de Cristo: Psicóloga Ligia Guilhermina da Silva – CRP 06/125146 – Responsável Técnica. Atendimento gratuito de retaguarda para pessoas com câncer.

Artigo
Publicado por Bianca Ludymila em 7/12/2023
Fabiano de Cristo: Carregue Somente O Que é Seu

Entre nós e o outro existe um abismo, essa distância consiste na própria essência dele que não podemos acessar porque é impossível.

Por esse motivo é que hoje a reflexão será voltada para a dificuldade que temos em não se envolver nos conflitos e assuntos que não pertencem a nós.

É difícil pensar dessa forma quando o tipo de relação possui vínculo familiar ou até mesmo de amizade, de alguma forma a dor do outro nos atinge e assim, mergulhados em um emaranhado de emoções não conseguimos perceber a linha limite que separa nós do outro, daquela pessoa que amamos. Quando isso acontece passamos a carregar duas bagagens a nossa e de nosso familiar ou amigo, duas vidas para administrar, resolver e decidir.

Ser cuidador de alguém que necessita é apoiar, cuidar e fazer o que está ao alcance e não fazer a o que é parte e esforço do outro ou até mesmo tomar o problema como seu.

A partir do momento que pegamos algo que não é nosso, o peso aumenta e estamos sujeitos aos mais variados conflitos emocionais.

A vida é feita de caminhos e cada um tem o seu juntamente com o que deve enfrentar e carregar, portanto, o maior auxílio que damos ao outro é estarmos lado a lado na caminhada enfrentando o que vier para no final chegarmos juntos.

A Linha Tênue da Empatia: Carregar o Peso do Outro é Realmente Nosso Dever?

Em meio à voragem da vida contemporânea, somos constantemente confrontados com a dicotomia entre a individualidade e a coletividade, entre o eu e o outro. O tecido social, intrincadamente tecido pelos fios da interdependência e conexão humana, muitas vezes nos coloca em uma encruzilhada emocional: devemos nos imiscuir nos conflitos alheios, assumindo-os como nossos, ou devemos respeitar a distância essencial que nos separa dos demais?

Na busca por essa compreensão, possamos encontrar um equilíbrio mais saudável, em que a empatia e o respeito pela individualidade coexistam em harmonia, permitindo que cada um carregue o que é seu.
Na busca por essa compreensão, possamos encontrar um equilíbrio mais saudável, em que a empatia e o respeito pela individualidade coexistam em harmonia, permitindo que cada um carregue o que é seu.

A reflexão sobre essa questão nos conduz por caminhos sinuosos, onde a empatia e o altruísmo encontram-se em tensão com o autodesenvolvimento e a autodeterminação. Vivemos em uma era onde a ênfase na coletividade e na responsabilidade social nunca foi tão pronunciada. Contudo, há um limiar sutil que, uma vez ultrapassado, pode transmutar o apoio e cuidado em uma espécie de invasão de território pessoal, tanto para quem ajuda quanto para quem é ajudado.

A empatia, essa habilidade quase mística de sentir com o outro, é, sem dúvida, uma virtude inestimável. Ela nos permite transcendentes momentos de compreensão e solidariedade. No entanto, é imperativo que reconheçamos os limites desta qualidade, especialmente no que tange ao peso emocional que escolhemos carregar. Ao assumirmos as dores e as lutas de outrem como se fossem nossas, corremos o risco de desvalorizar a experiência única e a autonomia do outro, bem como sobrecarregar-nos com um fardo que não nos pertence.

Nessa interação complexa, como podemos, então, posicionar-nos de forma a respeitar a essência do outro, sem nos perdermos na sua dor? A resposta pode residir na delicada arte de estar presente. Estar lado a lado, não como quem carrega o outro, mas como quem caminha junto, respeitando os limites inerentes a cada jornada pessoal.

Nosso maior presente para aqueles que amamos não é a absorção de seus problemas, mas a nossa companhia e o nosso apoio, mantendo-nos firmes ao lado deles enquanto enfrentam suas próprias batalhas. É um convite a reconhecer que, apesar de sermos parte de uma coletividade, cada indivíduo deve ser o protagonista de sua própria história, com o direito de carregar suas próprias bagagens e aprender com elas.

O desafio que se apresenta é o de sermos empáticos sem sermos absorventes; de sermos cuidadores sem nos tornarmos salvadores; de sermos amigos, familiares e parceiros sem perdermos de vista a autonomia que define a cada um de nós.

Provocar reflexão sobre essas nuances não é apenas uma questão de fomentar um debate, mas sim de cultivar uma sociedade mais consciente de seus limites e de suas capacidades. E, talvez, na busca por essa compreensão, possamos encontrar um equilíbrio mais saudável, em que a empatia e o respeito pela individualidade coexistam em harmonia, permitindo que cada um carregue o que é seu, e apenas o que é seu.

Sobre o Hospital

A missão do Hospital Espírita Fabiano de Cristo é ampliar a visão de saúde, doença e morte no cuidad’ integral da pessoa portadora da doença do câncer, levando em conta os aspectos físico, espiritual, social, cultural e ecológico. Seu objetivo é tornar-se um centro de referência internacional nessa área.

Os valores que guiam o trabalho do hospital são o amor, a integridade, a saúde, a evolução e a espiritualidade. A ideia surgiu quando um grupo de pessoas do Núcleo Espírita Cristão (NEC) realizava o serviço assistencial domiciliar para enfermos em convalescença e carência social. Eles perceberam que esses pacientes enfrentavam grandes dificuldades para se recuperar, principalmente devido às condições socioeconômicas em que viviam.

Sob orientação espiritual do mentor Dr. Romano, por intermédio do médium Sérgio Eduardo Miranda, assistido por Carlos Alberto Drago, o grupo teve a inspiração de criar um espaço para abrigar e cuidar dessas pessoas. Em 17 de outubro de 1992, foi criado o Hospital Espírita Fabiano de Cristo.

Localizado em Caieiras, o hospital aproveita a área geográfica com grande potencial energético e vibracional, com propriedades minerais que atendem as necessidades de recuperação, refazimento e reabilitação de pessoas portadoras de doenças degenerativas como o câncer. Em 17 de outubro de 1996, foi lançada a pedra fundamental no espaço cedido pela Prefeitura Municipal de Caieiras para concessão de uso.

Em 10 de fevereiro de 2001, o Ambulatório Fabiano de Cristo foi inaugurado, oferecendo atendimento ambulatorial em diversas especialidades. Acima do ambulatório, encontra-se o Espaço Cultural Fabiano de Cristo, utilizado para a promoção de encontros, palestras, oficinas, shows e diversas outras ações.

O projeto do HEFC está em expansão. Além da manutenção dos atendimentos no Ambulatório, a construção do hospital permitirá ampliar os atendimentos, bem como oferecer opções de internação de acordo com a necessidade dos assistidos. Como parte do projeto de ampliação dos atendimentos, outros seis chalés serão construídos, cada um com seis leitos, permitindo um convívio familiar entre os pacientes de cada unidade.

Como chegar Hospital Fabiano de Cristo Caieiras – endereço e telefone

Endereço: Rua Canário, 600, Laranjeiras – Caieiras (SP)
Tel.: (11) 4441-3031 | (11) 94297-2924
E-mail: relacionamento@hefc.org.br

Leia mais em Artigo

Precisamos falar sobre ebulição global e racismo ambiental
Artigo
O racismo ambiental afeta principalmente as populações vulneráveis, exacerbando desigualdades sociais e climáticas. Para um futuro mais justo e saudável, é essencial agir...
Vitória Ambiental ou Batalha Adiada?
Opinião
A mobilização popular em Caieiras impediu a instalação de uma mineradora na Fazenda Santa Luzia. A CETESB emitiu parecer desfavorável ao projeto, após pressão da sociedade...
Dignidade e Inclusão: Dra. Carla Baker participa de reunião no CIC de Cajamar com Néia Pontani
Cajamar
Dra. Carla Baker, líder LGBTQI+ do CIMBAJU, esteve em uma reunião no CIC de Cajamar para discutir parcerias com a ONG Associação Pluralis. A reunião, conduzida com Néia...
Tragédia revela os riscos de propagandas e de procedimentos estéticos sem qualificações
Artigo
Uma influenciadora foi acusada de homicídio após a morte de um paciente durante um peeling de Fenol. A tragédia destaca os perigos das redes sociais, como o Instagram, na...
Arautos do Evangelho: Deus escreve certo por linhas tortas
Artigo
Um pescador sobrevive a um naufrágio e agradece a Deus por sua vida. Ele chega a uma ilha deserta e constrói um abrigo com destroços. Sempre grato, ele enfrenta dificuldades...
Hospital Fabiano de Cristo: Instrumentos Para a Vida
Artigo
Por Hospital Fabiano de Cristo: Psicóloga Ligia Guilhermina da Silva – CRP 06/125146 – Responsável Técnica. Atendimento gratuito de retaguarda para pessoas com câncer. Os...

Últimas novidades

Novo medicamento para emagrecer: Wegovy já está disponível nas farmácias brasileiras
Saúde e Bem-Estar
O Wegovy, medicamento para obesidade da farmacêutica dinamarquesa Novo Nordisk, já está sendo comercializado em farmácias brasileiras. A injeção semanal é composta por...
Venezuela: ‘Tome um chá de camomila’, diz Maduro após Lula manifestar preocupação
Política
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, causou preocupação ao falar sobre um "banho de sangue" caso não vença as eleições. Lula, presidente do Brasil, respondeu...
‘Mais de uma vez, até’: Donald Trump diz que está pronto para debater com Kamala Harris
Internacional
Donald Trump e Kamala Harris estão prontos para debater nas eleições presidenciais de 2024. Trump está disposto a participar de mais de um debate com Kamala, que está perto...
Frei Gilson no Podcast Inteligência Ltda: Fé e Música em Debate
Cotidiano
Frei Gilson, sacerdote carmelita e cantor, participou do podcast Inteligência Ltda. Com quase 5 milhões de inscritos no YouTube, ele é um dos principais líderes religiosos do...
Correios Abrem Concurso com Vagas Atraentes e Bons Salários
Brasil
Correios lançam edital para concurso com 33 vagas na área de medicina e segurança do trabalho. Salários iniciais de até R$ 6,8 mil. Inscrições de 7 de agosto a 8 de...
Taxa das blusinhas começam a valer dia 1º de agosto
Tecnologia
A partir de 1º de agosto, compras internacionais de até US$ 50 serão tributadas com um imposto de 20%. AliExpress e Shopee anteciparam a cobrança para 27 de julho. Entenda...

Jornal Fala Regional

Nosso objetivo é levar conteúdo de forma clara, sem amarras e de forma independente a todos. Atendemos pelo jornal impresso as cidades de Caieiras, Franco da Rocha, Francisco Morato, Mairiporã e Cajamar, toda sexta-feira nas bancas. Pela internet o acesso é gratuito e disponível a todos a qualquer momento, do mundo inteiro.

Vamos Bater um Papo?